Ford Sierra

1982-1993 de lançamento

Reparo e operação do carro



Ford Siyerra
+1.2. Identificação do carro
+2. Manutenção
+3. Dados gerais
+4. Motores
+5. União
+6. Transmissões
+ 7. Eixo motor e ponte traseira
- 8. Direção
   8.1. Características técnicas
   8.2. Remoção e instalação de dirigir a transferência
   8.3. Desmantelar-se e reunião de dirigir a transferência
   8.4. Remoção e instalação de uma coluna de direção
   8.5. Desmantelar-se e reunião de uma roda de direção
   -8.6. Direção com o foguete auxiliar hidráulico
      8.6.1. Características técnicas
      8.6.2. Remoção e instalação de dirigir a transferência
      8.6.3. Remoção e instalação da bomba hidráulica
      8.6.4. Desmantelar-se e reunião de dirigir a transferência da ENGRENAGEM DE CAME
      8.6.5. Desmantelar-se e reunião de dirigir a transferência de ZF
      8.6.6. Remoção e instalação de uma coluna de direção
      8.6.7. Desmantelar-se e reunião de uma roda de direção
      8.6.8. Remoção de ar de sistema de direção
+9. Suportes de forma triangular de interrupção
+10. Sistema de freios
+11. Corpo
+12. Equipamento elétrico
331b1c3e



8.6.1. Características técnicas

INFORMAÇÃO GERAL

Número de transferência:
  – Engrenagem de came transmite-se
19,88
  – Transferência de ZF
16,77
Velocidade de uma roda de direção (de uma ênfase contra a parada):
  – Engrenagem de came transmite-se
3,58
  – Transferência de ZF
3,50
Diâmetro de uma volta
10 m
Fenda entre um empurrador e uma cobertura do caso de uma ripa de engrenagem (Transmissão de Engrenagem de came)
0,025 – 0,125 mm
Espessura de colocação de ajuste de uma fenda de transferência de tortura
0,055 – 0,127 mm
Cintos de bordo do passeio do ampliador hidráulico
dois com a designação 83 HF 6 B 30 IBA ou 83 HF 8 Uns 615 AA
Tensão
400 – 500 nanômetros (um novo cinto) ou 300 – 400 nanômetros (o cinto que esteve no uso).

Aperto de momentos

Fixação de dirigir a transferência para uma travessa de corpo
A 1a etapa – 15 nanômetros;
A 2a etapa – para apertar-se em 90 °
Dobradiça esférica de dirigir a sede de um punho rotativo
25 – 30 nanômetros
O flange da dobradiça elástica a uma roda de engrenagem de condução de dirigir a transferência
20 – 25 nanômetros
Cobertura de uma roda de engrenagem de condução
17 – 24 nanômetros
Cobertura de empurrador ao caso de dirigir a transferência:
  – Engrenagem de came
22 – 24 nanômetros
  – ZF
7 – 8 nanômetros
Conexões de oleodutos hidráulicos
20 – 27 nanômetros
O oleoduto restituível à bomba
26 – 31 nanômetros
O oleoduto de forçamento à bomba
16,4 – 20,5 nanômetros
Dirigir sede de uma ripa de engrenagem
70 – 77 nanômetros
Contraporca em direção de esboço
57 – 68 nanômetros
O caso de uma ripa de engrenagem ao caso de uma roda de engrenagem de condução de transferência de ZF
120 – 130 nanômetros
Flange da dobradiça zangada a um cabo de uma roda de direção
20 – 25 nanômetros
Portador superior de uma coluna de direção
45 – 55 nanômetros
Noz de uma roda de direção
45 – 55 nanômetros
Noz de roda
100 nanômetros