Ford Sierra

1982-1993 de lançamento

Reparo e operação do carro



Ford Siyerra
+1.2. Identificação do carro
+ 2. Manutenção
- 3. Dados gerais
   -3.1. Carros com motores de gasolina
      3.1.1. Missas e números de transferência
      3.1.2. Líquidos operacionais
      +3.1.3. As modificações em um carro projetam desde 1984 para 1986.
      -3.1.4. As modificações em um carro projetam desde 1987 para 1989.
         3.1.4.1. Motor de OHC
         +3.1.4.2. Motor de Dm3 CVH 1,8
         -3.1.4.3. Motor de DOHC
            -3.1.4.3.1. Características técnicas
               3.1.4.3.1.1. Cabeça do bloco de cilindros do motor
               3.1.4.3.1.2. Bloco de cilindros do motor
               3.1.4.3.1.3. Mecanismo de Krivoshipno-shatunny
               3.1.4.3.1.4. Sistema de distribuição de gás
               3.1.4.3.1.5. Sistema de lubrificação
               3.1.4.3.1.6. Esfriamento de sistema
               3.1.4.3.1.7. Sistema de combustível
               3.1.4.3.1.8. Sistema de ignição
               3.1.4.3.1.9. Aperto de momentos
         +3.1.4.4. Serviço e reparo
         +3.1.4.5. União
         3.1.4.6. Transmissão de cinco velocidades mecânica de tipo de N
         +3.1.4.7. TA mecânica 75 transmissão de cinco velocidades
         3.1.4.8. Câmbio automático
         3.1.4.9. Expeça o suporte de forma triangular de interrupção
         +3.1.4.10. Sistema de freios
         +3.1.4.11. Equipamento elétrico
         3.1.4.12. Dados gerais
      +3.1.5. As modificações em um carro projetam desde 1990 até fevereiro de 1993.
   +3.2. Carros com motores diesel
+4. Motores
+5. União
+6. Transmissões
+7. Eixo motor e ponte traseira
+8. Direção
+9. Suportes de forma triangular de interrupção
+10. Sistema de freios
+11. Corpo
+12. Equipamento elétrico


331b1c3e

3.1.4.3.1.9. Aperto de momentos

INFORMAÇÃO GERAL

Pinos de uma cabeça do bloco de cilindros:
  – a 1a etapa (pinos de M11 – sequência 1 – 10)
25 nanômetros
  – a 2a etapa (pinos de M11 – sequência 1 – 10)
55 nanômetros
  – a 3a etapa (pinos de M11 – sequência 1 – 10)
apertar-se em 90 °
  – a 4a etapa (pinos de M11 – sequência 1 – 10)
apertar-se em 90 °
  – a 5a etapa (pinos de M8 – sequência 1 – 13)
24 – 27 nanômetros
Cobertura de uma cabeça do bloco de cilindros
6 – 8 nanômetros
Cobertura de sistema de distribuição de gás
65 – 95 nanômetros
As cadeias de direção do passeio de sistema de distribuição de gás:
  – topo
10 – 13 nanômetros
  – mais baixo
24 – 28 nanômetros
Asteriscos de eixos
55 – 63 nanômetros
Coberturas de carregamentos de eixos
22 – 26 nanômetros
Coberturas de carregamentos radicais
90 – 104 nanômetros
Coberturas de varas
26 – 34 nanômetros
  – 1a etapa
6 – 8 nanômetros
  – 2a etapa
15 – 17 nanômetros
  – 3a etapa
apertar-se em 85 ° - 95 °
Abafador de flutuações tortional de um cabo de inclinação
110 – 130 nanômetros
  – 1a etapa
45 – 58 nanômetros
  – 2a etapa
apertar-se em 80 ° - 90 °
A bomba de óleo ao bloco de cilindros
8,5 – 11,5 nanômetros
Roldana da bomba de óleo
16 – 19 nanômetros
Dispositivo Tension de uma cadeia cardan da bomba de óleo
10 – 13 nanômetros
Bomba de esfriar o líquido
21 – 28 nanômetros
A roldana da bomba de esfriar o líquido
21 – 28 nanômetros
Caso de termostato
9 – 12 nanômetros