Ford Sierra

1982-1993 de lançamento

Reparo e operação do carro



Ford Siyerra
+1.2. Identificação do carro
+ 2. Manutenção
- 3. Dados gerais
   -3.1. Carros com motores de gasolina
      3.1.1. Missas e números de transferência
      3.1.2. Líquidos operacionais
      +3.1.3. As modificações em um carro projetam desde 1984 para 1986.
      -3.1.4. As modificações em um carro projetam desde 1987 para 1989.
         3.1.4.1. Motor de OHC
         -3.1.4.2. Motor de Dm3 CVH 1,8
            -3.1.4.2.1. Características técnicas
               3.1.4.2.1.1. Cabeça do bloco de cilindros do motor
               3.1.4.2.1.2. Bloco de cilindros do motor
               3.1.4.2.1.3. Mecanismo de Krivoshipno-shatunny
               3.1.4.2.1.4. Sistema de distribuição de gás
               3.1.4.2.1.5. Sistema de lubrificação
               3.1.4.2.1.6. Esfriamento de sistema
               3.1.4.2.1.7. Sistema de combustível
               3.1.4.2.1.8. Sistema de ignição
               3.1.4.2.1.9. Aperto de momentos
            3.1.4.2.2. Ajuste do motor
            3.1.4.2.3. Sistema de ignição
            3.1.4.2.4. Sistema de distribuição de gás
            3.1.4.2.5. Reunião do motor de CVH 1,8 de dm3
         +3.1.4.3. Motor de DOHC
         +3.1.4.4. Serviço e reparo
         +3.1.4.5. União
         3.1.4.6. Transmissão de cinco velocidades mecânica de tipo de N
         +3.1.4.7. TA mecânica 75 transmissão de cinco velocidades
         3.1.4.8. Câmbio automático
         3.1.4.9. Expeça o suporte de forma triangular de interrupção
         +3.1.4.10. Sistema de freios
         +3.1.4.11. Equipamento elétrico
         3.1.4.12. Dados gerais
      +3.1.5. As modificações em um carro projetam desde 1990 até fevereiro de 1993.
   +3.2. Carros com motores diesel
+4. Motores
+5. União
+6. Transmissões
+7. Eixo motor e ponte traseira
+8. Direção
+9. Suportes de forma triangular de interrupção
+10. Sistema de freios
+11. Corpo
+12. Equipamento elétrico
331b1c3e



3.1.4.2.1.9. Aperto de momentos

INFORMAÇÃO GERAL

Pinos de uma cabeça do bloco de cilindros:
  – 1a etapa
40 – 60 nanômetros
  – 2a etapa
apertar-se em 180 °
  – 3a etapa
40 – 60 nanômetros
  – 4a etapa
apertar-se em 90 °
  – 5a etapa
apertar-se em 90 °
Cobertura de uma cabeça do bloco de cilindros
8 – 10 nanômetros
Cobertura de sistema de distribuição de gás:
  – grampos de cabelo
9 – 10 nanômetros
  – pinos
6 nanômetros
  – nozes
8 – 10 nanômetros
Catre de óleo:
  – Pinos de M6
8 – 11,5 nanômetros
  – Pinos de M8
20 – 30 nanômetros
Rolha de descarga de óleo no catre de óleo
20 – 30 nanômetros
Fixação da bomba de óleo ao bloco de cilindros
11 – 16 nanômetros
Cobertura da bomba de óleo
8 – 12,4 nanômetros
Pinos de coberturas de carregamentos radicais
90 – 108 nanômetros
Pinos de coberturas de varas
26 – 34 nanômetros
Pinos de pêndulo
73 – 91 nanômetros
Abafador de flutuações tortional de um cabo de inclinação
110 – 130 nanômetros
Roldana de eixo
95 – 115 nanômetros
Chapa persistente de um eixo
9 – 13 nanômetros
Dispositivo Tension de um cinto de engrenagem
23 – 30 nanômetros
Bomba de esfriar o líquido
7 – 10 nanômetros
Coletor final
21 – 26,5 nanômetros
Coletor de entrada
16 – 20 nanômetros
Suporte de carburador
20 – 24 nanômetros
O carburador a um suporte
8 – 10 nanômetros
Caso de termostato
8 – 11,5 nanômetros
Tomadas de faísca
18 – 33 nanômetros
Sensor de situação e velocidade do motor
4 – 7 nanômetros