Ford Sierra

1982-1993 de lançamento

Reparo e operação do carro



Ford Siyerra
+1.2. Identificação do carro
+2. Manutenção
+3. Dados gerais
+4. Motores
+5. União
+6. Transmissões
+7. Eixo motor e ponte traseira
+8. Direção
+ 9. Suportes de forma triangular de interrupção
- 10. Sistema de freios
   10.1. Características técnicas
   +10.2. Expeça freios
   +10.3. Freios posteriores
   10.4. Remoção e instalação do cilindro de freio principal
   10.5. Remoção de ar do sistema de freios
   10.6. Ajuste do freio de emergência
+11. Corpo
+12. Equipamento elétrico


331b1c3e

10. Sistema de freios

10.1. Características técnicas

INFORMAÇÃO GERAL

O sistema de freios de trabalho põe-se na ação hidraulicamente. No sistema o ampliador de vácuo de freios usa-se. O sistema de freios compõe-se de dois contornos. Expeça o disco de freios, e atrás – tambor. O freio de emergência põe-se na ação mecanicamente e repõe freios na ação.

Expeça freios

Expeça freios – disco. Neles os discos cheios e a flutuação de um suporte com um pistão usam-se.

Diâmetro exterior de um disco de freio
240 mm
Espessura de disco:
  – nominal
12,65 mm
  – mínimo admissível
11,3 mm
Golpes máximos de um disco
0,15 mm
Diâmetro do cilindro de um suporte
54,0 mm
Tipo de sapatos de freio
Girling D 600 FF
Tamanhos de blocos
38 x 111 mm
Espessura de erros (sem chapa de base):
  – nominal
12,5 mm
  – mínimo admissível
aproximadamente 1,5 mm

Freios posteriores

O tambor de freios posterior também se equipa do mecanismo do ajuste automático de uma fenda de blocos.

Marca:
  – Berlim 1,3 e 1,6 dm3
DBA
  – Berlim 2,0 dm3 e komb
Girling
Diâmetro de trabalho do tambor de freio:
  – Berlim 1,3 e 1,6 dm3
203,2 mm
  – Berlim 2,0 dm3 e komb
228,6 mm
Largura de blocos:
  – Berlim 1,3 e 1,6 dm3
38,1 mm
  – Berlim 2,0 dm3 e komb
57,1 mm
Diâmetro de cilindros de freio de trabalho:
  – Berlim 1,3 e 1,6 dm3
19 mm
  – Berlim 2,0 dm3 e komb
20,64 mm
Espessura de erros:
  – nominal:
     • o bloco é síncrono
4,75 mm
     • o bloco é assíncrono
3,25 mm
  – mínimo admissível:
1 mm
Tipo de blocos
N/F 360 IF.FF

CONDUÇÃO DE SISTEMA

Cilindro de freio principal

Em uma cavidade do cilindro principal dois pistões localizam-se constantemente, cada um dos quais faz funcionar o contorno.

Ampliador de vácuo de freios

O ampliador de vácuo de freios influi no cilindro de freio principal e contém um diafragma.

Regulador de pressão

O regulador da pressão instala-se no oleoduto de freios traseiros e a força de limite da frenagem de rodas traseiras.

Cilindro de freio principal
Marca
Bendix ou Ate
Diâmetro de pistões
22,0 – 22,2 mm
Ampliador de vácuo de freios
O diâmetro operacional
227 mm

Aperto de momentos

Braço de suporte a um punho rotativo de uma roda
5 – 75 nanômetros
O disco de carregamento à alavanca
52 – 64 nanômetros
Conexões de oleodutos hidráulicos
68 – 95 nanômetros
Deaerator
na maior parte de 10,5 nanômetros
Noz de fixação de uma roda
100 nanômetros